Perguntas frequentes

A maior pergunta que você deve estar se fazendo é 

Vale mesmo a pena contratar uma doula?

Sim! Vale e muito. Às vezes, gastamos com coisas supérfluas, bens materiais caros, que depois nos arrependemos, chá de bebê que parece casamento; e nos esquecemos de nós mesmas. Contratar uma doula é um presente que você se dá.

Não é um gasto, mas sim um investimento no seu bem estar. 

A doula não vai atrapalhar o papel do meu/minha parceiro(a)?

Doula e parceiros desempenham dois papéis diferentes, porém interligados. O parceiro tem um amor pela mãe e pelo bebê que ninguém pode substituir. As doulas são treinadas em técnicas e medidas de conforto. Os parceiros têm uma ligação profunda com a mãe e entendem suas necessidades; a Doula tem experiência com o processo de parto e apoio às famílias. Os parceiros sabem como a mãe lida com o estresse, enquanto as Doulas conhecem a linguagem do parto e podem ajudar as famílias a entenderem a escolha feita no trabalho de parto e no pós-parto. Por último, o parceiro pode fazer uma pausa, comer ou dormir, enquanto a doula apoia a mãe. A doula pode comunicar com a família, ou tirar fotos para que o parceiro esteja 100% presente. Como Doula, não estou aqui para substituir o papel de seu parceiro, mas sim trabalharmos juntos para o mesmo objetivo, que é o de fazer com que a gestante se sinta o mais confortável, feliz e confiante possível.

Porque ter uma doula?

Pesquisas científicas realizadas em várias partes do mundo, mostram que a atuação da Doula no parto pode:

  • Diminuir em 50% as taxas de cesárea;

  • Diminuir em 20% a duração do trabalho de parto;

  • Diminuir em 60% os pedidos de anestesia;

  • Diminuir em 40% o uso de medicamentos para indução das contraçoes;

  • Diminuir em 40% o uso de fórceps;

Além disso, a presença da Doula também mostrou benefícios emocionais e psicológicos entre mãe e bebê com resultados positivos como:

  • Satisfação com a experiência do parto;

  • Interação na relação mãe-bebê;

  • Maior sucesso na amamentação;

  • Redução na incidência de depressão pós-parto.

Qual a diferença entre os serviços da Doula e da Obstetriz?

Doula:

  • Preparação para parto através do fornecimento detalhado de informação sobre todo o processo de gestação, parto e puerpério

  • Aplicação de massagens durante a gestação e ensinamento de técnicas de massagem ao parceiro(a)

  • Auxílio no plano de parto

  • Suporte emocional através da presença contínua ao lado da gestante, provendo encorajamento e tranquilidade, oferecendo carinho, palavras de reafirmação e apoio. Favorece a manutenção de um ambiente tranqüilo e acolhedor, com silêncio e privacidade

  • Exercícios respiratórios e técnicas para alívio de dor entre as contratações, assim como medidas que auxiliem o progresso do trabalho de parto

  • Atua como uma ponte de comunicação entre a mulher, sua família e a equipe de atendimento

  • A doula se faz importante até mesmo num parto cesárea, onde continua dando apoio, conforto e ajudando a mulher a relaxar e tranqüilizar-se durante a cirurgia

  • Presente no pós-parto, auxiliando a mãe na amamentação, a interação da família com o recém-nascido e na dinâmica da nova estrutura familiar

Obstetriz

  • Fornece informação sobre procedimentos do parto, opções de métodos anestesiológicos medicamentosos e funcionamento de cada hospital.

  • Acompanha a gestação, controlando a saúde materna e a do bebê

  • Dependendo da equipe, trabalha em turnos, muitas vezes não acompanhando o trabalho de parto do início ao fim

  • Se a gestante optar por anestesia, seu parto será feito pela Obstetriz do hospital e não pela que a acompanhou  durante toda a sua gestação

  • Realiza procedimentos ginecológicos clínicos como aferir pressão, toques vaginais, monitoração de batimentos cardíacos fetais durante o trabalho de parto

  • Está apta a detectar qualquer sinal que possa colocar a gestante e/ou o bebê em perigo, assim como realizar procedimentos necessários de urgência

  • A Obstetriz não acompanha parto cesárea. Este é feito pelo ginecologista e equipe de plantão do dia.

  • Visita pós-parto para acompanhar a recuperação materna e interação mãe/bebê

Como será o trabalho junto à sua Obstetriz?

As Obstetrizes e Doulas têm um papel integral durante a gestação e o parto, porém com funções muito diferentes, oferecendo diferentes tipos de serviços. 

As obstetrizes têm formação médica e, durante o processo de parto, se concentram no processo de trazer o bebê saudável, evitando qualquer risco à vida da mãe e bebê.

Já as Doulas focam nas necessidades da mãe, oferecendo suporte mental, físico e emocional. Enquanto uma Obstetriz está atendendo às suas necessidades médicas, medindo pressão arterial ou monitorando o bebê, eu estarei lá para atender às suas necessidades, seja com uma massagem nos pés, acumpressão ou até mesmo para assegurar que as suas vontades sejam respeitadas.