Conheça  mais sobre o meu trabalho

Devido à minha formação como Fonoaudióloga, Doula, Expert em Amamentação e Massagens, ofereço um pacote de doulagem completo! Acompanho as clientes da gestação até o pós parto incluindo consultoria em amamentação.

Nosso primeiro contato:

Nosso primeiro contato será de uma forma simples e descontraída, livre de qualquer comprometimento. Geralmente pode ser por uma video-call ou um bate-papo em algum café. Neste encontro explicarei como é o meu trabalho, responderei às suas perguntas, e principalmente te escutarei. Se após esse encontro você decidir contratar meus serviços de doulagem, marcaremos então nossa primeira consulta pré-natal.

Encontros Pré-Natais

O trabalho da doula é fundamentado em três pilares:

o de Informar, o de Apoiar e o de Conectar.

Durante esses encontros pré natais além de criar essa tão importante conexão entre gestante-doula, você receberá també as informações necessárias para que se seinta segura e apoiada em suas decisões, seja ela qual for.

  • Fisiologia do parto

  • Processo de nascimento em etapas

  • O que está acontecendo em seu corpo

  • Opções de locais para o parto

  • Técnicas de respiração

  • Técnicas de relaxamento

  • Alívio da dor natural e medicinal

  • Massagem

  • Desejos de nascimento

  • Ajuda na elaboração do plano de parto

  • Hora dourada

  • Pós- Parto

Durante o Parto

Este serviço começa à partir da 38a à 42a semana da gestação. Estarei disponível para apoiá-los 24 horas por dia, 7 dias por semana por telefone, e-mail ou SMS. Assim que os primeiros sinais do parto começarem, estaremos em contato regularmente para acompanhar a progressão, e decidirmos o melhor momento de eu estar presente fisicamente. Durante a fase ativa do parto, estarei dando suporte físico e emocional para que a parturiente fique relaxada, confortável e confiante. 

Após o parto, permaneço ainda por 2 horas para para estimular e dar suporte à nova família  durante as tão importantes “Golden Hours”.

 

Golden Hours: 

São as 3 primeiras horas seguintes ao nascimento. É muito importante que as mães tenham a oportunidade de estar pele a pele com seus bebês durante essas horas para amamentar e formar esse vínculo imediato. O contato pele a pele promove laços fortes entre mães e bebês, gerando um melhor desempenho da amamentação.

"O aleitamento materno na primeira hora de vida é importante tanto para o bebê quanto para a mãe, pois auxilia nas contrações uterinas, diminuindo o risco de hemorragia."

A consultoria em amamentação é um atendimento que envolve orientações e condutas relacionadas à postura da mãe, posicionamento, pega e sucção do bebê; ordenha, cuidados com a mama e armazenamento do leite.

A melhor forma de estarmos prontas para o aleitamento materno é tendo informação de qualidade. Por isso a consulta pode acontecer até mesmo durante a gestação

Em relação à saúde da criança, a amamentação é fundamental devido aos seus benefícios nutricionais, emocionais, imunológicos, econômico-sociais e de aporte para o desenvolvimento e fortalece o vínculo afetivo entre mãe e filho.

Amamentar os bebês imediatamente após o nascimento pode reduzir a mortalidade neonatal – aquela que acontece até o 28º dia de vida.

Além de todos os benefícios citados acima, no que diz respeito sobre a parte fonoaudiológica, a amamentação representa a preparação para a fala. O aleitamento materno estimula o crescimento harmonioso entre os músculos e ossos da face, promovendo o equilíbrio da língua, arcada dentária, musculatura oral e a respiração nasal.

Como já mencionado antes, minha conduta como doula é apoiar as mães sem qualquer forma de julgamento. Se você é uma mãe que opta por não amamentar por qualquer razão que seja, sinta-se igualmente acolhida por mim. 

Hypnobirthing - Hipnoparto

O que é? Para que serve?

 

É um método que ensina a mulher a trabalhar com seu corpo, controlando a dor durante o trabalho de parto e nascimento. São exercícios de visualização, técnicas respiratórias, afirmação positiva, meditação e relaxamento. É uma mudança da mentalidade associada à dor e ao medo do parto, para uma experiência confiante e centrada. Dessa forma, a mulher poderá diminuir a produção de hormônios do estresse, como a adrenalina e o cortisol, e produzir mais ocitocina e endorfina. A dor não estará lá em primeiro lugar.

 

Quais os benefícios?

Para mãe: Pode encurtar o trabalho de parto, dar-lhe uma melhor experiência de parto, reduzir a depressão pós-parto.

Para o Parceiro: Vai envolvê-lo mais em toda a gravidez, dando-lhe a sensação de que está participando ativamente de todo o processo.

Para o bebê: O bebê experimentará um parto suave e calmo, com níveis reduzidos de estresse.

 

Como é o curso?

O curso tem a duração de aproximadamente 10-12 horas que podem ser divididas em 4 encontros de +-2,5 horas. Ele pode ser feito online ou presencial, individual ou em grupo.

Para saber mais sobre o curso e as datas, entre em contato: 06-53245371.

Bengunk Belly Binding

Bengkung Belly Binding é um antigo método Malaio de amarrar a barriga da puérpera por meio de um pedaço longo de tecido de algodão (10-18 metros) ao redor do quadril e abdômen.

É uma maneira eficaz de te auxiliar na recuperação do parto. Com o espaço criado dentro da barriga para acomodar seu bebê, esse método ajuda os órgãos e músculos a voltarem para seu espaço habitual.

Algumas mulheres experimentam uma sensação de vazio no abdômen no pós-parto, o Belly Binding ajuda no processo, fornecendo calor e apoio com o envoltório do tecido, te fazendo sentir protegida e segura. 

Ele pode ser feito 2 dias após o parto vaginal, e no caso de cesárea, assim que a ferida cicatrizar.

O Ritual:

Para preparar a barriga, primeiro faço um tratamento com um bastão de moxa, que tem um efeito de aquecimento profundo e restaurador em sua área abdominal, lombar e pélvica.

Em seguida faço uma massagem abdominal relaxante com óleo quente.

Após a massagem, faço a envoltura do seu abdômen.

Durante os 14 dias seguidos à massagem, você pode ficar 24 horas com o tecido (eu explico como colocar e tirar). Após esses 14 dias, usar o tecido somente à noite.

Durante o tratamento com a moxa e a massagem, você pode permanecer deitada na sua cama com seu bebê pertinho, por exemplo, na cama ao seu lado.

Durante o primeiro trimestre de sua gravidez é aconselhável esperar um pouco antes de começar com as massagens. Porém no segundo e terceiro trimestre, quando a barriga já é evidente e se sua gravidez transcorre sem riscos, permita-se desfrutar de uma boa massagem.
 

Massagem Relaxante Para Gestantes:

 

A ideia é garantir o relaxamento muscular 

Com a pressão das mãos, a pessoa que aplica a massagem faz uma série de movimentos a fim de aliviar a tensão dos músculos. Ao contrário da drenagem, as movimentações não têm uma direção específica

 

Essa técnica tampouco deve ser aplicada no abdômen, independente da fase da gestação. O profissional precisa  atenção com a pressão das mãos, que deve ser mais leve na gestante.  Quanto ao posicionamento, o melhor é que a grávida não fique muito tempo de barriga para cima, pois pode haver compressão da veia cava, diminuindo a oxigenação. A melhor posição para aplicação dessa massagem é com a gestante deitada lateralmente.


 

Massagem Relaxante Para Parceiro (a)

 

O período da gestação é de grande importância para todas as pessoas envolvidas a fim de que, as mudanças de rotina e as adaptações decorrentes da chegada desta nova vida, transcorram de forma fluida e tranquila para todos. 

Embora a gestação seja um processo vivido de forma intensa e única somente pelo corpo da mulher, isto não significa que os parceiros fiquem intactos a todos os acontecimentos a sua volta.

 

Pouca ou nenhuma atenção é dedicada ao parceiro(a) durante a gestação. Esta fase também é tão excitante, preocupante; e não menos importante para o parceiro(a). Ele(a) também está vivenciando a gestação e também merece atenção e cuidados. 

 

Suporte é a palavra-chave quando falamos da postura do(a) parceiro(a) no nascimento do bebê. Quanto mais o parceiro estiver munido de informações, envolvido nos pré-natais e RELAXADO, melhor será seu engajamento no parto e pós-parto. 

 

Através dessa visão holística sobre a gestação, é possível também agendar massagem relaxante para os parceiros, para que eles possam estar comumente preparados para hora tão esperada.

Drenagem Linfática:

 

O principal objetivo dessa massagem é drenar os líquidos do corpo – que sofrem retenção durante a gestação, causando o inchaço. O efeito é obtido a partir da ativação das das circulações venosa e linfática. Outra vantagem dessa técnica é o relaxamento. 

 

A drenagem é feita manualmente, em velocidade lenta e leve pressão. Os movimentos ocorrem no sentido de empurrar os líquidos para cima – do pé em direção à virilha, por exemplo. Em geral, o procedimento é realizado com o auxílio de óleos essenciais, principalmente o de lavanda, que tem propriedades calmantes. 

 

Mulheres grávidas com hipertensão sem controle, que já tiveram alterações linfáticas (como trombose)  ou que estão com alguma infecção não tratada devem evitar a drenagem – a menos que o médico permita. Para as que estão liberadas, fica o alerta: o ideal é que a massagem não seja feita na região do abdômen. Além disso, no fim da gestação, o melhor posicionamento é de lado – e não de bruços. 

Pode ser feita partir do segundo trimestre de gestação até o fim da gravidez. Sendo também indicada no pós-parto para a otimização da perda da retenção de líquido causada pela gravidez.

Shantala:

 

Shantala é uma massagem indiana divulgada na década de 70 pelo médico ginecologista e obstetra francês Dr. Frédérick Leboyer. Essa técnica é realizada com o bebê somente após o primeiro mês do parto.

 

A massagem dura entre 15 e 30 minutos, dependendo da idade e da aceitação do bebê ao toque. 

 

Ela proporciona relaxamento, bem-estar, amplia o contato com o bebê e fortalece o vínculo afetivo mãe/pai-bebê.

Esse contato através da Shantala também auxilia na formação da imagem corporal do bebê, pois através dos movimentos da massagem ele descobrirá o seu tamanho, força, flexibilidade, e o seu próprio corpo (cabeça, pernas, mãos, pés) e o espaço que o seu corpo ocupa.